Destination Wedding: o que uma cerimonialista precisa saber

blog-post-image

Se você trabalha no setor de eventos e ainda não sabe o que significa o Destination Wedding é melhor correr. Essa é uma das tendências mais fortes com relação a casamentos dos últimos tempos. Mas, como toda novidade, acaba gerando sim uma dúvida entre as cerimonialistas sobre como atuar frente a uma proposta dessas.

 

Mas fique tranquila. A seguir, iremos explicar tudo sobre esse formato de cerimônia e o que os noivos esperam de você, enquanto cerimonialista.

 

Vamos lá?

 

Destination Wedding: o que é?

 

Destination Wedding nada mais é do que um casamento realizado fora da cidade dos noivos. A dinâmica é simples, como um convite aos amigos e familiares para uma viagem, na qual a união será celebrada.

 

Algumas pessoas optam por cerimônias mais intimistas, com poucos convidados. Mas, há quem não abra mão da extensa lista de nomes. Tudo irá depender da proposta dos noivos e do destino.

 

Como você pode estar imaginando até aqui, o trabalho é dobrado para quem organiza um evento desses. Afinal, você fará isso à distância e precisa considerar uma série de fatores que normalmente não estão na lista de um “casamento normal”.

 

Por isso, confira a seguir tudo o que uma cerimonialista precisa saber antes de começar a organizar um Destination Wedding.

 

Destination Wedding: passo a passo para cerimonialistas

 

Bem, o primeiro passo é conhecer o local do casamento. O indicado é ir pessoal para se ter uma noção exata da estrutura, capacidade, o que ele permite ou não para que, assim, se comece a planejar a cerimônia.

 

Mas, a maior parte do tempo você estará longe, por isso, siga essas orientações para garantir que tudo dará certo na reta final:

 

-Antecedência é a regra de ouro

Não tem como realizar um casamento nesse formato sem antes se programar. Mas se programar muito. Por exemplo, os convidados devem receber um pré-convite, pelo menos, um ano antes.

 

O mesmo vale para os fornecedores. Provavelmente você precisará pesquisar parceiros no novo local, por isso, o quanto antes se iniciar o trabalho melhor e mais garantido será.

 

 

-Monitore tudo

A melhor forma de fazer isto é ter um controle absoluto da situação. Ou seja, monitore tudo. As datas, previsões, as entregas e negociações. Tudo precisa ser muito bem projetado para dar tempo. Lembre-se que você estará longe, logo todos aqueles imprevistos de última hora não podem acontecer. Você não estará lá para resolver.

 

-Pesquisa, pesquisa, pesquisa

O boca a boca é melhor (e a pior) propaganda do mundo. Por isso, entre em contato com profissionais da cidade em questão e faça pesquisas. Descubra sobre o clima, sobre as pessoas, sobre os fornecedores. Peça opiniões, registre, volte a pesquisas.

 

-Organize um calendário de visitas

Você precisará visitar o local do casamento periodicamente. Por isso, tenha um cronograma organizado com essas viagens. Afinal, o tempo de deslocamento e todo aquele que você estará afastada não pode comprometer sua rotina.

 

O recomendado é ir no início dos preparativos, depois entre dois e três meses antes da data do casamento e, por fim, na semana anterior ao grande dia esteja lá.




O segredo de um Destination Wedding de sucesso

 

Como você pode ver, existe uma linha máxima por trás de todas essas dicas: a organização. É impossível organizar um casamento desses sem que tudo seja muito bem organizado. A dor de cabeça será sua e do cliente.

 

Por isso, recomendamos para você conhecer a plataforma MeEventos. Nela, é possível organizar todas as etapas da cerimônia, inclusive o contato com o cliente, em um único espaço. Quer saber mais? Faça o teste gratuito por 15 dias e comprove!

 




Comentários

Mantenha-se atualizado com nossas novidades, ideias e atualizações